SAC
Twitter Instagram Linkedin
29/05/2017

27 de maio – Dia da Mata Atlântica


 

A Mata Atlântica é considerada um dos 25 hotspots mundiais de biodiversidade, ou seja, possui alta diversidade de espécies e é um dos biomas mais ameaçados do planeta. Foi decretada Reserva da Biosfera pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO e Patrimônio Nacional, como consta no §4º, do Art. 225 da Constituição Federal de 1988.

Sua área compreende uma grande extensão da costa brasileira, em aproximadamente 5.000 Km ao longo das regiões Nordeste, Sudeste e Sul, restando atualmente 8,5% da sua área original.

Segundo dados da Fundação SOS Mata Atlântica, mais de 15.000 espécies de plantas e 2 mil de vertebrados habitam este bioma. São 298 espécies de mamíferos, 992 de aves, 200 de répteis, 370 de anfíbios e 350 de peixes. Para flora, são mais de 15.700 espécies de plantas. Dentre estas, o dendezeiro, pau-brasil, ipê e jacarandá. Para a fauna, possuem destaque o ouriço-preto, o bicho-preguiça, o tamanduá-mirim, a irara, a garça-branca-grande, o jacaré-do-papo-amarelo, o teiú, a jiboia.

Apesar da sua relevância e alta biodiversidade, é importante ressaltar que os fragmentos que ainda restam podem ser degradados mesmo quando estão sob leis de proteção ambiental. O nível de fragmentação dos ecossistemas da Mata Atlântica, especialmente na região nordeste do Brasil, é preocupante, ao se considerar que a destruição e fragmentação dos habitats naturais são os principais fatores responsáveis pela redução da diversidade por eventos de extinção.

O uso ineficiente e desigual dos recursos naturais tem causado sérios prejuízos à Mata Atlântica, uma vez que este bioma tem sido convertido em pastos, em empreendimentos imobiliários, industriais, dentre outros, o que ocasiona perda de habitat, modificação e fragmentação de suas florestas. A desigualdade social e deficiência no sistema educacional do país também são fatores que contribuem para a destruição dos remanescentes florestais, uma vez que estes fatores levam às populações humanas a buscar meios para subsistência, tais como a caça predatória, extração ilegal de madeira e destruição de grandes áreas para moradia.

Diante desta situação, reutilizar, reciclar, transformar o modo de vida e reinventar são atitudes mínimas, mas muito positivas para que possamos manter o que ainda existe da Mata Atlântica, bioma rico em biodiversidade e com belezas inigualáveis.

27 de maio – Dia Nacional da Mata Atlântica

Patrimônio Nacional e Reserva da Biosfera.

Preservar é um dever de todos!

< Voltar Topo
  • Visa Vale
  • dbtrans
  • Sem Parar
  • Repom
  • Roadcard
  • ConectCar
  • FastCred
  • Vectio
  • Auto Expresso
  • Move Mais
  • Polícia Rodoviária Federal
  • Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias


Nomad